VilmaSouza

Sejam bem vindos sempre.
Este Blog possui fotografias artísticas e artigos de direitos autorais, repeite-os. VS

8 de janeiro de 2009

Os pescadores de primeira viagem


Fotografias: Arq Part. "1º dia de Pescaria"- 24/Dez/2008
Quando sairam para pescar eram oito e mais o cavalo. Ao longo da ida até o rio, no caminho pensa só a Tati e a Gabi montadas no cavalo. A gabi que após vencer o medo passou a gritar: "Tati olha os pinheiros, vai bater" Você não tá dirigindo bem. Até parece que cavalo é carro que precisa dirigir pra não bater no poste. Quando sairam da estradinha quem subiu no cavalo foram os pequenos, o Fabiano e a Michelle. Por aí a Gabi já estava quase querendo voltar da pescaria. Nem preciso dizer a Gabi foi até a barranca do rio deu Oi pro rio de cima do barranco e fez meia volta pra casa, junto com a Tati e o cavalo.
Os outros seis ficaram na barranca do rio a pescar.
Que pesca!
Tinha chovido muito, nem preciso dizer que o barranco tava liso, um quiabo de sabão.
O Flor ensinou os que não sabiam fisgar a isca, mas neste vai pra lá e vem pra cá acabou escorregando e foi ao chão, levou um tombo daqueles, caiu de todo comprimento e ficou líndimo todo sujinho de barro vermelho.
A michelle colocava a minhoca pelo meio e o peixe comia dos dois lados, só pescava quando o Flor colocava a isca, mas com aquela sorte de principante acabou pescando mais que os outros. Pra variar a Mimi adora água e como o único jeito de entrar no rio, sem ordem, seria rolar do barranco. Adivinhem? É claro ela rolou do barranco e em etapas.
Aí foi um sururu, O Flor e o Rodrigo pularam pra salvar, mas quem ajudou a salvar a Mimi de cair no rio foi um pescador, "O Alemão" um vizinho do sítio, que vinha passando . Se não fosse essa ajuda na hora certa acho que teriam três ido ao rio.
Diz o Diego que ele tava quase largando a vara quando já tinham levantado ela do barranco, mas ele ia ajudar a salvar. Passado o susto pois o rio estava muito cheio é fundo.
A pescaria continuou, na maior algazarra.
É estava um falatório naquela barranca do rio que acho que pescaram todos os peixes surdos, porque dizem que pra pescar tem que ficar bem quieto.
Imagine ficar quieto com cada um aprontando algo ou um a zoar do que o outro aprontou.
A Belle jogou a linha e conseguiu pescar a si mesma. É isso mesmo, o vento trouxe o anzol de volta e ela pescou a dobra do dedo.
O Rodrigo ficou a zoar da Belle e a rir, mas colocou o anzol da sua vara segurando na boca e foi ajudar a Mimi a tirar um peixe que ela acabara de pescar e respirou um pouco mais fundo. É ele pra fazer par com a Belle conseguiu fisgar o beiço.
O Fabiano mandou a linha no rio e começou a ficar contente tão logo jogou o peixe já fisgou e a Mimi a dar pulos também a vara dela também estava a puxar. Um recolhe de cá outro de lá e tá pesado e não vem. Dois maiores pra ajudar e... Que peixão... enrosco? Que peixe que nada, enrosco, enroscado, os dois enroscaram a linha um no outro.
O Diego que aparentemente tava pescando quieto no barranco conseguiu fazer par com o pai, mas como ele é o filho do Cara e sendo filho do Cara tende a fazer melhor. Caiu e sabe-se lá como acabou rasgando o shorts.
A Mimi pescou mais, mas fez mais trapalhadas ainda, em uma das vezes que jogou mandou a linha nos galhos da árvore pra pescar peixe folha ou peixe passáro. Quem sabe se tinha peixe surdo, podia ter algum fora do rio, não é mesmo.
Ao final da pescaria quem não levou um tombo e se enlameou, voltou enlameado de sentar no barranco e quando estavam voltando caiu uma chuva forte.
Mas "os pescadores de primeira viagem" pescaram muito.
Pra contrariar o dito popular que quando o rio tá cheio, tem muito vento e se não fazem silêncio na barranca do rio, não dá peixe.
Pra contrariar tudo isso os Pescadores de primeira viagem foram lá e pesacaram todos os peixes surdos do rio, tamanha foi a algazarra, mas cada um pegou o seu peixe e teve gente que pegou mais de cinco peixes.
Este foi só o primeiro dia de pesca os outros se seguiram da mesma maneira, quando alguém lançava a linha o povo se abaixava tamanho era o perigo. Nunca se sabe de que lado vem o perigo ou de que lado sopra o vento não é mesmo.

5 comentários:

Everson Russo disse...

Ola minha doce e querida amiga, olha eu aqui hoje totalmente atrasado, boca anestesiada..rs..rs...sai do altar de sacrificios de uma dentista...rs..rs..mas enfim, aqui pra te desejar uma linda noite de paz....fique com Deus e beijos na alma...

Everson Russo disse...

Uma maravilhosa noite de sabado pra ti minha adorada amiga, e um domingo na mais pura paz de Deus...beijos na alma...

FERNANDA & ASTROLOGIA disse...

QUERIDA VILMINHA, ADOREI O TEU TEXTO... MARAVILHOSO!!!
UM BOM DOMINGO PARA TI E A TUA FAMÍLIA... DEIXO-TE UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E AMIZADE,
FERNANDINHA

Sonia Regly disse...

Adorei essa pescaria, que maravilha!!!Adoraria estar lá, adoro lugares de paz e tranquilos. Obrigada pela linda visitinha. Desejo um abençoado 2009, cheinho de coisas boas para vc e toda sua família.

splendid disse...

Some of the content is very worthy of my drawing, I like your information!
costume jewelry